terça-feira, 6 de julho de 2010

Dinheiro na mão é vendaval


Dorgas! Parei, mas ainda tenho flashbacks. RAIRAIRAIRAIRARIARIARIARAIRAI

Pois é, galera. Vocês não estão vendo errado. É uma fogueira de dinheiro.

O manifesto aconteceu na Suécia. Mulheres, de um partido feminista, queimaram cerca de R$23.000,00 "protestando" contra o pagamento de salários diferentes para homens e mulheres no país. O valor representa o quanto as mulheres de lá ganham a menos do que os homens a cada minuto.

Agora vamos analisar o assunto... havia a necessidade de um protesto? Sim, a desigualdade dos salários está bem óbvia para mim. Mas daí a queimar dinheiro? Ou seja... ganham "pouco" e transformam o "pouco" em menos ainda. Depois quando falamos "minha mulher torra meu dinheiro", vocês dizem que é perseguição nossa.

Quando eu li a matéria, pensei que se tratava de uma loucura. Mas depois percebi que isto é completamente "normal" para o raciocínio das mulheres. Em outras palavras, "É bem cara de mulher fazer isso mesmo".

Quem aí conhece uma mulher que, por insatisfação com algo, jogou fora um presente ou quebrou algo de valor? Quantas e quantas vezes vemos mulheres brigarem com o marido e quebrar o carro da família, televisão, jogo de jantar e etc?

Sua "raiva" é mais importante do que qualquer outra coisa no mundo. Isso acontece porque elas estão acostumadas com muitos mimos. Por isso não aprenderam a dar valor a determinadas coisas. Quando se conhece a necessidade, esse tipo de coisa não acontece. Por exemplo, ninguém faz greve de fome na Etiópia. Mendigo não rasga dinheiro (o que seria bem difícil, pois eles só tem moeda).

Eu não quero ser taxado como machista. Mas é que, várias vezes, nem vocês conseguem se entender. Como querem que nós, homens, consigamos isto?

Link da notícia.

3 comentários:

  1. Não é bem por aí. Você está confundindo um tipo de situação com a manifestação destas suecas.

    Quando se está nervoso, quebrar as coisas nunca resolve nada. No entanto, o ato ocorrido na Suécia não é apenas uma birra. Acredito que elas também queriam mostrar que o pior não era ganhar menos, que o dinheiro não importava. O que elas querem é ser tratadas igualmente.

    Acredito que elas carregam um sentimento de desigualdade, de falta de dignidade, etc...

    ResponderExcluir
  2. @Jorge: Que o dinheiro fosse usado para fazer campanha. Que fosse utilizado para divulgação. Talvez o objetivo delas fosse mesmo ganhar a mídia rapidamente como aconteceu. Mas tiveram a exposição com outra imagem. Queimar dinheiro não é normal, e tampouco, racional.

    ResponderExcluir
  3. também acho que voce ta confundindo as coisas..
    "É bem cara de mulher fazer isso mesmo": acho que as mulheres que você ta conhecendo sao loucas por que as que eu conheco( me incluindo claro) nao tem o costume de fzr isso nao=x
    "Quem aí conhece uma mulher que, por insatisfação com algo, jogou fora um presente ou quebrou algo de valor?": na verdade nao conheco nenhuma mulher, mas um amigo meu ja quebrou as coisas do quarto e nem por isso eu vou dizer que os homens tem costume de fzr isso=)
    "Quantas e quantas vezes vemos mulheres brigarem com o marido e quebrar o carro da família, televisão, jogo de jantar e etc?" : quantas e quantas vezes vemos homens brigarem com a mulher e quebrar a cara dela? espancá-la? e nem por isso vou dizer que é a cara de homem fazer isso=x

    Sua "raiva" é mais importante do que qualquer outra coisa no mundo: pelo post,a impressão que dá é que tu que tá com raiva de algma mulher.. digo logo que eh a IMPRESSÃO que dá=)

    "Isso acontece porque elas estão acostumadas com muitos mimos": se as mulheres fossem acostumadas com os mimos,nao teriam lutado pra conquistar igualdade, nem estariam lutando até hoje. Elas simplesmente ficariam em casa porque é mais confortável x)

    agora minha conclusão: acho uma burrice queimar dinheiro. Concordo com você que esse dinheiro poderia servir pra divulgação ou pra qlqr outra coisa e que é até egoismo a pessoa queimar dinheiro sabendo que tem tanta gente por ai que precisa. Acho completamente sem noção protestar dessa forma.
    Mas também acho sem noção generalizar e dizer que é um costume feminimo fazer isso e, você assumindo ou não, esse post foi completamente machista x)


    Andrezza ;)

    ResponderExcluir